BLOG LOCAL: ALAGOINHAS, BAHIA BRASIL.

sábado, 11 de julho de 2015

Transverter 2M CB AVT 213

Demorou mais saiu: este mês publico 3 projetos muito bem vindo na área de RTX. 1- projeto: Transverter 2 metros para faixa cidadão ou CB 27 Mhz. 2- projeto: Simples transverter Russo de 2 metros para 28 e 27 Mhz. 3- projeto: Substituição do 2SC 1969 cobra 148 GTL. Então vamos ao primeiro projeto. Baixei ha tempos atras e só agora publico e para você que é classe "C" Radioamador e não tem um equipamento em SSB para 2 metros, aqui está uma solução barata. Este é um transverter na faixa de 2M de 144 a 148 Mhz, para adapta-lo no Cobra 148 GTL, ou em transceptores de 27Mhz, de qualquer modelo, e modalidade de transmissão SSB, FM, AM. O circuito é simples obedecendo alguns critérios para esta faixa que é uma frequência elevada VHF, deve o montador tomar cuidado com ligações e fios longos, montar em placa de circuito, sua potencia de transmissão poderá atingir ate 5W com KT 920, com esta potencia nesta frequência ligado uma antena direcional com altura superior a 12 metros, poderá fazer contatos em condições favoráveis topográficas entre distâncias de 10 a 40 Km ou mais, dependendo da região aqui no Brasil. ATENÇÃO: Não é aconselhável a montagem destes equipamentos por técnicos ou pessoas não licenciadas como Radioamador, para quem é PX seu registro não serve em VHF. Lembre-se: Para os que querem usar esta faixa em modalidades de esporte, hobby esporte, trilhas de veículos, terão de ser licenciados devidamente como manda a legislação da ANATEL, segue a página da LABRE S.P, para melhor entender: http://www.labre-sp.org.br/diversos.php?xid=68
Esquema original com respectivos componentes.
Aqui mudei e atualizei alguns componentes, chave de RF power.
Aqui maior potencia RF e atualizado.
Aqui saída em PA PUSH PULL com boa potencia.
Lay-out lado componentes, vista de L2, L3, L7, L8,
PCI lay-out lado cobreado.
Lista de peças, e construção dos indutores.
Talvez tenha que usar o tradutor para confecção dos indutores.
Este transverter é bem simples, podendo o montador técnico fazer mais algumas modificações para melhorar sua potencia de RF TX, o receptor acho que não deva precisar, pois com MOSFETS faz um bom trabalho de amplificação de entrada em VHF. mais nada impede que se mude o circuito de RX, os esquemas desenhado por mim terá de ser feito testes, pois na teoria é uma situação e na prática é outra, depois de monta-lo ha algumas diferenças nos circuitos de RF que terá de ajustar e talvez troca de capacitores e resistores. Espero que gostem e montem, e faça qualquer comentário depois de monta-lo.
Waldir Cardoso.  

Transverter 11M 2M AM FM SSB interno e externo russo.

Pesquisando na WEB, encontrei esquemas de transverter Russo na faixa de 2 metros para ser adaptado em qualquer rádio CB de 27 Mhz em AM, FM, ou SSB, os esquemas é de fácil construção para os que são PX, PU, PY, e técnicos. São dois esquemas originais, com ás respectivas fotos e no final os links das páginas, os esquemas estão com transistores em Russo, que talvez seja muito difícil achar aqui no Brasil, mais eu como faço em todos os esquemas que publico substituir por transistores mais populares, podendo o montador usar qual melhor servir para o circuito. em TX  O KT 920B no PA em 2 metros poderá atingir até 5W RF, já com o MRF 237, não chega a 3W RF, os transistores podem ser J310 FET, 2SC 1906, BFR 91, PN 2369, 2N2369, 2N 3866, 2N 4427, MRF 237, 2SC 1970, 2SC 1971, entre outros, dependendo dos transistores usados a potencia de TX tende a variar para cada circuito. desenhei também uma versão externo, para ser montado eu uma caixa com bom dissipador de calor nos transistores Driver e PA RF e ligar na saída de qualquer rádio CB PX de 27 Mhz. Na versão interno o transverter para ser colocado dentro do Cobra 148 GTL, ficando limitado com ás modalidades de transmissão em SSB, e AM, na faixa de 2 metros melhor ter também transmissão em FM. Bem o montador poderá visitar ás páginas e assim terá maiores informações sobre os circuitos que são bastante simples para quem tem experiência em RTX, os esquemas não explica com muito detalhes sobre ás ligações no rádio internamente, e na modalidade SSB, mais eu coloquei um relé mine de 12 volts com 4 contatos, e uma chave S1 liga e desliga que pode ficar na frente do rádio, pode o montador substituir o relé por uma chave dupla pequena, no fundo do rádio, bem próximo ao conector de antena SO239,  neste caso não precisa ter a chave S1 a alimentação ficará ligada direto em +B 13,8V ou em C 172. Bem mãos a obra, lembre-se, VHF não é HF, em VHF é mais complicado e tem que tomar cuidados enquanto ás trilhas PCI  ligações, fios longos, etc. Links esquemas originais: http://rfanat.ru/s11/trx27_23.html   em:    http://www.cqham.ru/trx23.htm  
http://www.cqham.ru/transv.htme mais estes em:http://ra3rbe.r3r.ru/transverter.htm  em: http://www
.diagram.com.ua/list/radio/radio79.shtml em:http://ra3rbe.r3r.ru/transv/1.gifhttp://ra3rbe.r3r.ru/transv/2.gif  Ao abrir a página vá no final do endereço e click em "Traduzir esta página" ou vá pelo Google Chrome e peça para traduzir de russo para seu idioma. muito importante ler bastante até entender sobre cada circuito. Já comentei no outro esquema sobre o raio de comunicação em VHF com pequena potencia QRP, dependendo da antena usada, região, e muito raro mais poderá acontecer propagação do espaço, 
Esquema original Russo.
Esquema original meu desenhado transverter. 28Mhz 145Mhz.
Abaixo esquema atualizado modificação em RX e TX para 27Mhz Cobra 148 GTL.
Os esquemas foram atualizados nos transistores do oscilador de BF 199 errado o certo é BF 324. 
Esquema melhor e atualizado algumas diferenças nos circuitos, adaptei uma chave S2 em MRF237 
para que possa exigir mais excitação para o PA, a resistência é de 10R por 1W, mais se 
preferir poderá colocar uma de 15R ou 22R 1W fique atento a temperatura do driver, se quiser poderá substituir R10 por 100R e em S2 coloque 33R, para selecionar baixa e alta potencia de TX RF. 
Abaixo esquema transverter externo atualizado, observe que a chave de TX e RX foi acrescentada mais um transistor, os resistores de carga de entrada TRX podem ser de 100R 3W, assim como a de 100R poderá variar conforme o montador observe distorções e aquecimento entre SSB e FM.
Esquema de ligação do transverter interno no Cobra 148 GTL, serve para outros rádios.
 Transverter 11M 2M pequeno e bem elaborado. vejam ás bobinas.
Esquema original transverter pequenas diferenças.
Foto: Notem que o cristal está invertido e tem um trimmer ajustando oscilador.
ás bobinas são ás mesmas, pequena diferenças em circuitos.
Bem pessoal: está ai projetos de transverter para 2 metros simples e econômico, para ser usados em 27 Mhz ou 28 Mhz, os cristais fica a critério de cada montador em determinar em quais frequências operar, com o rádio original com seus canais você tem poucas frequências, mais já com um rádio "chucrutado" ou "chicrutado" ou melhor esticando os canais de 25 Mhz até 29 Mhz você terá bastante opções em frequências. ATENÇÃO: cuidado ao transmitir em frequências próximas ás repetidoras ao fazer alguns ajustes no oscilador, o uso deste equipamento mesmo com potencia QRP 0,1W a 5W é proibido por pessoas não autorizadas ou devidamente legalizados pela ANATEL. Espero que gostem destes simples projetos. 
Waldir Cardoso.

Substituto TR 36 2SC 1969 por IRF 520 cobra 148 GTL.

Este mês trago um esquema simples muito solicitado a mim por e-mail e comentários no blog, é a substituição do TR 36 2SC 1969 por FET  IRF 520, em Julho 2013 em: http://projetosetransceptores
.blogspot.com.br/2013/07/protecao-do-tr36-2sc-1969.html publiquei a proteção deste transistor e prometi publicar a substituição por IRF 520. O esquema é simples pois nada mais é que retirar alguns componentes e substituir outros, em 2005 meu amigo Veridiano PU6VDS, substituiu em seu cobra 148 GTL, o 2SC 1969 pondo o IRF 520, na época eu modulava com ele e ouvia o áudio e portadora de seu cobra 148 GTL que agora estava mais agressivo, tanto no áudio como em sinal  gostei muito do que eu estava vendo em meu S-Meter e ouvindo parecia áudio de um rádio de 100W, naquela época os rádios estavam começando saírem com FET em seus Drivers e PA, mais para nós ainda era estranho e duvidoso, mais como eu já usava o FET IRF 630 nos meus transverter de 40 metros, logo aderimos os FETs como uma ótima opção barata e ainda não falsificados para substituir o famoso e caríssimo extinto 2SC 1969. O PU6VDS Veridiano só simplesmente retirou o TR 37 2SC 496, ligou um resistor de 10k de D 76 onde estava ligado o coletor de TR 37, para L 40, onde estava ligado o emissor de TR 37, depois ligou outro resistor que pode ser de 4k7 ou 5k6, de L 40 onde foi ligado a resistor de 10k, para o negativo, Simplesmente isso, ele me disse que a tenção tem que ficar no GATE do FET, entre 2 a 2,5 volts, e que alguns rádios tem maior potencia de RF no coletor de TR 38, 2SC 2166, por isso o resistor ligado de L 40 para negativo poderá variar de 4k7 a 5k6, melhor colocar o menor, se ficar bom deixa, se notar algum defeito no áudio coloque a 5k6, ele tem experiência já fez em vários rádios com ótimos resultados. Bem eu como de costume,observando alguns esquemas da página da CBTricks com informações sobre o ERF 2030 CBTricks: http://www.cbtricks.com/miscellaneous/fet_papers/ekl/graphics/erf2030_148gtl_mod.pdf Também no cobra 148 GTL DX com duplo IRF 520 PA e DRIVER em: http://www.cbtricks.com/radios/cobra/148gtl_dx_plus/graphics/cobra_148fgtl_dx%2B_fet.pdf e nesta página de informação da CB Tricks com esquema do EN-369FN para o FET ERF 2030 para 148 GTL em: http://www.cbtricks.com/miscellaneous/fet_papers/mosfet_experiment.htm
está http://www.cbtricks.com/miscellaneous/fet_papers/ekl/graphics/galaxy_dx949_959_2547_erf2030_mod_rev1-2.pdf Eu desenhei mais dois esquemas como teste para o 148 GTL final RF TR 36, para quem vai fazer este processo em seu rádio terá de ter um pouco de experiência em RF, pois eu não aconselho a quem nunca trabalhou com RF e sem equipamentos a fazer esta substituição. ATENÇÃO: Lembrando ainda que se você tem uma fonte de alimentação com pouca corrente, melhor adquirir uma outra pois os FETs consomem muito mais corrente que os transistores, por isso é bom deixar em repouso algo entre 3 a 5 amperes alem do que o rádio irá consumir, sua antena também terá de estar bem ajustada com ROE baixa, talvez seu rádio irá esquentar muito mais que antes, mais se ficar tudo ok vale a pena pois o seu rádio ficara de folego novo. Ainda quem quer aproveitar mais do seu cobra 148 GTL tem uma página com belíssimo trabalho do amigo Adinei PY2 ADN com dicas importantes e modificações, ajustes, alinhamento importantes, até como "chicrutar" ou "chucrutar" aumentar os canais, vejam e vale a pena salvar e ler aos que querem saber mais em: http://www.radiomanual.info/schemi/CB/CB_Cobra_148GTL_serv.pdf ATENÇÃO: para ter os canais 41, 42, 43, 44, nos dígitos 37, 38, 39, 40, não corte a trilha do pino 12 PLL MB 8719 e aterrando com uma chave, faça melhor: Desligue o JAMP do pino 14 que vai ao seletor de canais, e ligue na chave,  assim fica melhor e você terá alguns canais telecomandos. Mais isso é para outra ocasião falando-se de modificações no 148 GTL. 
Abaixo esquema feito pelo amigo Veridiano.
Esquema modificado por mim, melhor fazer testes, observe a tensão no FET.
Mais um com base nos já citados em páginas da CBTricks.
Aos que tem experiência em TRX RF poderá fazer o mesmo no driver, volto a afirmar. Aos que tem experiência em TRX RF, pois poderá parecer fácil, mais tem que sair tudo certo para que se tenha e aproveite o melhor rendimento dos FETs, no mais e mãos a obra e já poder modular com seu rádio com maior potencia e novinho novamente. 
Waldir Cardoso.