BLOG LOCAL: ALAGOINHAS, BAHIA BRASIL.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Transverter CB 6,6 Mhz CQ Elettronica.

Este mês trago dois projetos de Transverter: um enviado pelo  amigo Jacques of Normandy France. Quero agradecer por ajudar ao blog. Com a revista CQ ELETTRONICA de dezembro de 1979. O outro é o Transverter interno no VOYAGER VR-1140, com fotos e comentários. Vamos ao Transverter da CQ ELETTRONICA:  Primeiro vamos ao esquema original. Os semicondutores de Q1 a Q7 podem ser substituídos com componentes de fácil aquisição em nossos dias, em Q1 podemos usar o BF 494, BF 495, da linha 2N entre outros, em Q2 os BC 338, BC 547, NPN de uso geral, em Q3, Q6, Q7 podemos usar  MOSFETS de porta dupla os BF 961, BF 980, BF 981, entre outros,  em Q4 podemos usar os 2N2222, os BD 135-16, BD137-16, BD 139-16  esse último  com boa potencia, em Q5 podemos usar os, BD 329-16, 2SC 1306, 2SC 2166, 2SC 1974, BU 406, 2SC1969 poderá ser experimentado com êxito, para exitar o 2SC 1969 use os BD 137-16, 139-16, BD 329-16, porem a potencia saída RF dependerá dos transistores pré e PA RF. No oscilador local, em X o Cristal poderá ser de 20 Mhz, ou de 10 Mhz, obtendo o sinal de 20 Mhz, na saída de L1, sem precisar mudar nada. Em Ry Relé que poderá ser de 3 contatos ou usar 3 relés ligados em paralelo a Q2, mais para isso melhor colocar Q2 um BD 135-10, TIP 31, ou outro de media potencia, em C3 achei estranho na lista consta um capacitor de 1000uF 25V, no desenho não coloquei, pois se o que consta na lista for colocado ao pressionar o PTT , o Ry ficará mantido atracado em TX por um grande período mesmo, depois de solto o PTT, até que C3 descarregue completamente. Se precisar coloque um de 1uFx25V, Em R3 são 4 resistores de 220 Ohms 4W, formando o ATENUADOR de carga ficando com 55 Ohms, próximo ao 50 Ohms, poderá ser usado 2 resistores de 100 Ohms 4W. Os indutores poderão ser feito em formas TOKO de 10 mm, os fios podem ser 32 AWG A 38 AWG. Vejam na lista de componentes.
Enquanto ás revistas vou aqui passar alguns links de ótimas revistas, quem quiser mais revistas podem ir lá na página do amigo Picco em http://blogdopicco.blogspot.com.br/. Lá tem muitas revistas boas. Nesse link que vem Vá até o final da página e veja o ano e demais revistas, http://www.introni.it/riviste_costruire_diverte.html   tem também essas que é um verdadeiro acervo para quem gosta de eletrônica. http://www.introni.it/riviste.html vejam outros projetos e revistas aqui. http://www.iw8efo.altervista.org/index.php?lng=it&mod=download&pg=pagina&c
=6&download=1320140558A revista do transverter pode ser baixada em PDF aqui. http://www.introni
.it/pdf/CQ%20elettronica%201979_12.pdf
Achei algumas fotos de montagens deste transverter modificado.
Transverter Snoopy 80.
Abaixo outra montagem fotos da página.
Foto inverso.
 
Está é a primeira parte do simples Transverter para 6,6 Mhz.
Aqui a segunda parte do simples Transverter para 6,6 Mhz.
Vejam a placa principal do Transverter.
Aqui placa de Driver, PA e saída de RF.
Aqui está a lista de componentes e como fazer os indutores e bobinas.
Este aqui é o desenho do Original, veja que eu não desenhei C3.
Aqui eu já modifiquei um pouco dando maior potencia de saída de RF com o FET
que podem ser IRF 540, IRF 530, IRF 510, IRF 630, entre outros.
Este aqui eu desenhei com uma semelhança no PA com o TR-45.
O filtro de antena, LPF pode ser igual ao TR-45, o que desenhei é CS-45.
Este aqui eu desenhei com a opção de regular a entrada de tensão na entrada (G).
dos MOSFETs,PA, que pode ser igual ao já citado aqui no blog em: 
Aqui desenhei uma versão interna para o 148GTL,  ATENÇÃO: ajuste trimpot na base BC 338, para que Q8 conduza em seu coletor tenha tensão com a chave em 40 Metros, isso com o rádio em AM ou SSB. Qualquer transverter pode ser modificado para ser colocado dentro de qualquer rádio, ás ligações podem ser iguais aos já citados aqui em: 
Aqui mais 3 opções de chaveamento de RF para Q4. vejam qual é o melhor sem perder RF.
A finalidade desse diodo é não deixar a RF passar para base do Driver BD 137-16, ou outro,
assim só quando a chave ou relé é selecionado 40 Metros, temos RF em todo circuito de TX.
Bem pessoal, eu espero que gostem desses esquemas, no próximo mês tenho um esquema do CS-45,http://projetosetransceptores.blogspot.com.br/2015/04/esquemas-transverter-cs-45-interno-e.html enviado também pelo amigo Jacques lá da França, meu muito obrigado a ele por ter contribuído para o blog. fazendo com que possamos conhecer mais sobre a década de 80, a respeito de transverter na Europa. Muito obrigado.

Transverter Rádio Voyager VR-1140. fotos e comentários.

Fotos e comentários sobre o Rádio VOYAGER VR -1140. Não desenhei o esquema devido ao tempo e o rádio estava para conserto na mão de um amigo, mais vou aqui fazer um apelo por gentileza quem tem um rádio desse mesmo com defeito, ou bom, e quiser fazer uma doação ao blog, para que eu possa desenhar o esquema fazer um raio X e publicar, eu agradeço de coração e sera bem vindo, pois assim posso publicar tudo sobre o transverter que para nós aqui é novo.
Fiz essas fotos para mostrar aos senhores que não conhece o VOYAGER VR-1140, como eu não conhecia, e aos técnicos e montadores de transverter interno, bem alguns técnicos não gosta de transverter interno no rádio, e até critica quem coloca, achando que é errado, não sou nenhum professor, nem engenheiro em eletrônica, mais senhores qualquer receptor ou transceptor ele já é um conversor ou transverter, isso porque existe mais de uma frequência gerada em seus circuitos de RF. Ex: OSCILADOR LOCAL, PLL, VXO, VFO, e MIX, tendo a soma ou diferença até sair no último estágio de FI, ou PA. O transverter é somente o resultado de duas frequências, uma delas que entra ou sai do rádio, e outra que é gerada no próprio equipamento em seu oscilador, resultando em uma outra a ser recebida ou transmitida, sua potencia de saída de RF depende dos estágios de amplificação e transistores de saída PA. Então vamos mudar o conceito de pensar que transverter dentro do rádio não presta, claro que tem alguns montadores que não liga para o acabamento e fixação da placa, e fica uma verdadeira casa de aranha dentro do rádio. isso é um PERIGO, pois pode resultar em queima do rádio, ou até incendiar o rádio, Por isso procure fazer um bom acabamento blinde toda placa, fixe com parafusos, faça ligações de RF sempre com cabo coaxial, coloque fusíveis nas alimentações, +B e modulação, use fio grosso em +B e alimentação do PA, use fios sempre mesmo tamanho presos com braçadeiras de náilon pequena, isso evitará um pequeno ou grande prejuízo, e ficará mais bonito se futuramente um técnico for fazer algum conserto. Pense nisso.
Como verão nas fotos é um rádio como outro qualquer para 11 metros, Este é o VOYAGER VR-1140, semelhante com os demais da linha VOYAGER, MEGA STAR, etc.
Observe a chave que seleciona 11 metros, e 40 metros.
Pelo fundo é o mesmo dos demais rádios, sua fabricação em TAIWAN. 
Aberto vejam na mesma tampa o dissipador do transistor juntamente com auto falante, o flange blindando toda placa e circuito do transverter na banda de 40 metros.
Com o ferro de soldar removemos a blindagem, vejam em destaque o Auto Falante agora na frente da tampa e tamanho bem reduzido.
Então aqui o transverter já visível, vejam até parece um conhecido aqui do Brasil, se não fosse o PA quase ao centro. Em zoom dá para ver muitos detalhes.
Aqui está o atenuador  de carga, entrada 50 Ohms  RF PX, vejam os resistores maiores e o primeiro Relé, de entrada de RF,  ele faz a comutação de saída do PX normal em 27 Mhz, e a entrada para a placa passando pelo indutor e resistores de carga.
Aqui está abaixo 4 bobinas parte de RX de 40 metros, e acima oscilador de 20 Mhz. Parece com um parecido que montei Galaxy Pluto em. 
Aqui a parte do MIX com BF961,ou BF982 etc. Misturando ás frequência de 20 Mhz, e 27 Mhz, saindo a sua diferença em 7 Mhz, já passando por duas bobinas e ao driver BD 137-16 (C), e exitador 2SC 1969.
Vejam no detalhe o DRIVER BD 137-16 (C)
Vejam indutor saída RF do coletor do exitador 2SC 1969, que tanta semelhança com o conhecido transverter nosso.
Vejam que a placa é toda fixada com parafusos.
Aqui o PA 2SC 2290 TOSHIBA de aproximadamente 40W a 50W RF, juntamente com transistor e regulador de BIAS,
Aqui em destaque o LPF Filtro de antena de 40 Metros, e choque de RF +B alimentação coletor de PA 2SC 2290, vejam os 4 capacitores de 560pF. Muito semelhante com este.
Vejam outros detalhes, como capacitor de 390pF saída coletor do 2SC 2290.
Vejam outros detalhes no indutor do 2SC 1969, núcleos fios e espiras.
Vejam no conector de entrada de ANTENA, os cabo coaxiais ligado ao primeiro relé próximo ao atenuador de carga de 50 Ohms, na placa do transverter.
Vejam os fios e cabo coaxial, o fio de +B e negativo, observe que é bem mais grosso, saindo direto do conector, de entrada de Vcc. Não tem fusível, deveria ter um de 4 Amp. em +B
Vejam baixo da placa, e o exitador e o saída são fixado no dissipador com pasta térmica. 
Vejam a placa de outro lado.
Vejam o dissipador com os parafusos para fixar os transistores na tampa inferior, também o Auto Falante e conector de ANTENA.
Este é o rádio VOYAGER VR-1140 explorado parcialmente, desculpe por não publicar o esquema do transverter. Mais o apelo que fiz está valendo, por favor se algum técnico ou alguém tem um desses como sucata ou alguém tem facilidade em adquirir um desses e tiver disposto a fazer a doação ao blog, agradeço você vai ajudar muito, quero divulgar seu nome juntamente com o esquema,  entre em contato com meu e-mail está logo abaixo do contador de visitas. Espero que gostem, e espero que ás fotos e comentários venha a fazer vocês conhecerem um pouco sobre esse equipamento. Muito obrigado.