BLOG LOCAL: ALAGOINHAS, BAHIA BRASIL.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Transceptor portátil 144 Mhz regenerativo Handbook.

Mais um transceptor em VHF simples, copiado e digitalizado do Handbook, ainda que na década de 70,  em alta frequência deveria ser melhor projetado com receptor super heteródino e oscilador a cristal em FM, como o livro é para radioamadores, hodistas, e técnicos que gostam de montagens QRP homebrew, o pequeno transceptor serve como experimento com estações base a distancia, o seu receptor regenerativo irradia uma interferência na faixa de 144 Mhz, pois o detector nada mais é que um oscilador sintonizado em 144 Mhz quando ajustado para a recepção do transmissor, ele próximo a um rádio em 144 Mhz receberá batimentos de alguns metros. Nos esquemas desenhados o montador poderá melhorar o circuito RX detector, modifica-lo ou fazer outro com transistor, cuidado o transistor tem que ter sua frequência de corte alta, os resistores ligado no BF 980 poderá ser alterados para melhor regeneração do sinal recebido, tente regular o receptor ouvindo alguma estação que esteja bem fraquinho e faça isso com uma antena de 50 cm, se tiver dificuldade em captar alguma estação de radioamadores em 144 Mhz poderá subir um pouco para 146 Mhz até ouvir e então regular substituir componentes e melhorar a recepção, depois volte a 144 Mhz e veja se consegue alguma coisa, se preferir operar em outra frequência troque o cristal do TX oscilador para 73Mhz para 146 Mhz, ou outro valor, você poderá optar por um cristal de 24 Mhz para 144 Mhz, nesse caso o oscilador também é triplicador a bobina será a mesma do oscilador ela ira oscilar em 72 Mhz, mais a potencia do oscilador será menor, o mesmo você poderá fazer com outros cristais para outras frequências. Depois que estiver tudo ok com o receptor ajuste ele para receber a mesma frequência a qual você vai transmitir.
Leiam todo texto, dá para entender 
Aqui a parte do oscilador TX e dobrador.
Vejam e leiam final TX PA, RX regenerativo, confecções das bobinas.
Parte final, claro que hoje da para fazer muito menor.
Substituir o MOSFET detector, modulação em AM transistor.
Modulação em AM a transformador 90% melhor.
Finalmente em FM, modula com outros rádios só em FM.
O último esquema desenhado por mim poderá ser alterado em RX detector, quem conseguir o MOSFET 3N128 poderá montar como no esquema original. o amplificador de áudio com CI 386 simplifica e muito o circuito, próprio para operações portátil o consumo dele é bem pequeno, para quem pretende montar um destes esquemas aconselho a montar dois deles com um só canal pois não se pode ficar sintonizando o receptor, em dois canais, apesar do receptor ter sua faixa de recepção larga, e melhor em FM pois você poderá fazer QSO com algum colega base, em sua cidade ou em cidades próximas, isso para quem mora no sul ou sudeste, a antena terá aproximadamente 50 cm de tamanho o transmissor tem uma boa potencia dependendo dos transistores usados e bem regulado ele pode até fornecer 3W RF, não abuse muito para ter potencia que isso levará a sua bateria a descarregar rapidamente, pois você vai querer falar muito, o receptor é muito econômico seu consumo não chega a 300 mA. Mais se o montador quiser montar um com receptor melhor super heteródino poderá optar por CI MC 3357, MC 3361, TA 7358P, o esquema tem na WEB, com CI a montagem fica compacta, econômica e simples, sem falar que terá o squelch ou silencioso, que elimina os chiados da faixa de VHF. Espero que gostem, boa sorte.

domingo, 1 de junho de 2014

Sucatas, Baterias, lâmpadas, Monitores, TV etc...

Assistindo a diversas reportagens sobre lixos eletrônicos, venho aqui explicar o que se falam. O que para milhares de pessoas é lixo eletrônico, para nos montadores de QRP e técnicos, é valioso, eu garimpeiro de sucatas eletrônicas e baterias mostrarei. Começo com ás baterias de notebook câmeras e celulares, íon de lítio ou li-íon, mas em especial ás de notebook são um conjunto de pilhas que por sua vez fica ligadas em paralelo e série quando uma delas, ou a plaquinha controladora inteligente, fica ruim a bateria passa a não mais carregar ou diminui sua durabilidade de uso, e logo ela é condenada e jogada no lixo, o mesmo acontece com outras baterias de aparelhos, o que temos que saber é que se há dentro daquela caixinha de plastico 6 ou 8 pilhas, é certo que uma ou duas delas ficaram ruim, ás vezes vamos dizer que todas ficaram sem durabilidades, ou seja sua corrente não permanece por muito tempo como nova, isso pode até acontecer mais é muito difícil, não vou entrar em detalhes como é uma pilha, o assunto aqui é, que ás vezes estamos descartando no lixo um conjunto de pilhas que ainda servem para nossas montagens QRP portátil. Mais como? simples, desmontando com cuidado para não danificar ás pilhas, cortamos os fios e deixamos só os das pilhas, agora teste cada uma observe se elas ainda tem tensão, ainda interligadas faça o teste de corrente, com uma lâmpada biodo de 60W lampada farol de carro, ela consome aprox. 5 Amp. é quase a corrente das pilhas, a lâmpada tem que acender, observe a tensão em cada pilha, geralmente elas são de 3,6V cada uma, descarregada ela fica em torno de 2,5V. Bem um bom montador sabe como testar, cada um faz do seu jeito, não vou aqui aprofundar nesse procedimento, e para carrega-las faça um carregador simples o esquema tem na Web. http://www.bapi.com.br/como-funcionam-os-carregadores-de-baterias/  se precisar dê uma carga para testa-las.
Todas elas tem boa corrente para nossos projetos QRP portátil.
Outro que é descartado como lixo são ás lampadas eletrônicas, milhares de pessoas não sabem, mais elas tem um pequeno inversor dentro da parte branca de plastico, ás vezes o que fica ruim é só a parte de vidro que é a lâmpada, o circuito eletrônico está bom, e até serve para acender uma outra lâmpada fluorescente comum com a mesma potencia do circuito, seus componentes serve para nossas montagens QRP e outras, os capacitores de poliéster de alta isolação, os transistores servem também, sem falar no núcleo toroidal que dependendo da potencia da lâmpada ele é grande ou pequeno, servem para nossas montagens de bobinas e indutores RF em HF, confecções de transformadores para PA RF em HF, e outros,  HF porque ainda não usei eles em VHF.
Na plaquinha tudo é aproveitado, até mesmo ela para montar um outro inversor.
Aqui está um que também e descartado como lixo eletrônico, monitores CRT, LCD, e até LED, dentro deles encontramos valiosos componentes para nossas montagens, como FET, transistores, cristal, capacitores cerâmica, poliéster de alta isolação, transformadores, leds, chaves miniatura, resistores, núcleo ferrite e outros, todos servem para nossas montagens.
Monitor LCD, na plaquinha pequena 2 cristais um de 20 MHZ.
TV antiga também é descartada no lixo, algumas tem os valiosos fôrma de bobinas 10mm TOKO, capacitores NP0 cerâmica, CI, cristal, transistores, e outros componentes, a maioria serve para nossas montagens.
TV antiga cristal de 10 MHZ, varicap, fonte PC, RX FM, etc.
Existem diversos aparelhos sendo descartados como lixo todos os dias no Brasil, é uma oficina eletrônica que fechou ou descarta aparelhos que já tem muitos anos sem o dono aparecer, são rádios velhos AM FM, vídeo cassetes, toca fitas, balança eletrônicas, som de CD, módulos de carro, monitores, computadores, baterias, telefone sem fio antigo 49 Mhz, leitor de CD e DVD de PC, e muito mais, em quase todos os aparelhos a eletrônica está presente, e lá estão nossos componentes para nossas montagens.
Olha quanta coisa boa, cristal de 49 Mhz, bobinas, microfone, etc.

           O certo era ao recolher o lixo todas ás prefeituras tivesse um galpão só de desmanche de aparelhos eletrônicos, organizado com técnicos capazes de saber testar quais aparelho seriam desmanchados e os que serviriam para serem vendidos ou doados como bom, os que fossem desmanchados iriam para serem vendidos como sucatas em seus respectivos lugares ou instantes, com preços baixos, isso atrairiam técnico e hobbistas  que fosse lá comprar seus componentes para suas montagens, isso seria muito bom, ás prefeituras arrecadavam mais recursos com o que chamamos de lixo eletrônico.
           Dentre muitos aparelhos eletrônico ATENÇÃO muita ATENÇÃO, não desmanche sem antes saber que  aparelho é, como aparelhos Hospitalar de raio X, e laboratórios, e outros nesta modalidade, CUIDADO, alguns aparelhos eletrônicos que fica no quarto de pacientes também tem muitos componentes bons para nossas montagens, como led, transistores, cristal, display de led, entre outros, eu nunca vi e nem sei onde são descartados esses aparelhos, para mim é como cabeça de bacalhau nunca vi, e nem recomendo aos nossos leitores procurar.
           Para quem não gosta de sucatas, quero deixar registrado que eu aceito doações de sucatas eletrônica, mais não vão me mandar uma carreta de sucatas hi,hi,hi,hi,hi,hi.