BLOG LOCAL: ALAGOINHAS, BAHIA BRASIL.

domingo, 15 de setembro de 2013

Detetor de produto e Modulador balanceado

Aqui está alguns circuitos de modulador balanceado, e detetor de produto de SSB encontrados em rádios transceptores mais antigos, e poderá ser montado a carácter experimental na montagens de transceptores SSB, o terceiro circuito com CI AN 612, é do famoso transceptor da cobra 148 GTL, RANGER TR-296GK/DX. É um circuito excelente fazendo os dois papeis na recepção e na transmissão em SSB, é simples, pequeno, e fácil de montar, e de excelente qualidade, o mais difícil é o CI AN 612. Existem circuitos simples com indutores e diodos, e dá um excelente transceptor em SSB. Ás veses a qualidade de modulação em SSB, LSB ou USB não está só no filtro de SSB, tudo é um conjunto, começando pelo microfone, pré amplificador, modulador balanceado, filtro SSB, e PA de saída RF. Hoje com os CIS, TA 7358, LA 1185, AN7112, KA2212, LA4140, TA7313, todos cinco substitui o TA 7358, NE 602, ou SA 602, NE 612, ou SA 612, esses quatros sendo muito superior em qualidade, e mais usados em montagens de QRP, e em muitos transceptores, os MC 3357, TK 10420, MC 3361, MC 3362, TBA 120S. Mais quem não tem os CIS poderá montar seu transceptor em SSB com os famosos populares BC 548, BC 547, como existem vários esquemas na web, e com moduladores balanceados e detetores de produtos com indutores e dois ou quatro diodos. como é o BITX, http://www.shorties.be/2006/entrepot/art01/farhan/bitx.html e outros esquemas de transceptores SSB QRP. Vejam este com transistores barato  BC 547, BC 548 http://members.ozemail.com.au/~jgprice/The%20BC547%2080M%20SSB%20QRP%20Transceiver.html . Bem para quem deseja montar seu transceptor SSB simples e barato aqui está uma boa ideia, lembro que existem outros esquemas com CIS que são mais fácil de ser montados. Espero que gostem e mãos a obra vamos montar, seu próprio transceptor em SSB.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Testando Transistores 2SC 1969 2SC 2166 MITSUBISHI

Pessoal achei uma página da Indonésia no blog Jopie CB em agosto de 2010 sobre este transistor 2SC 1969, http://jopie-rogger.blogspot.com.br/2010/08/perbedaan-2sc-1969-fakepalsu-dengan-2sc.html o blog dele é relacionado a transceptores CB e manutenção, muito bom, vale a pena visitar seu blog, parabéns amigo pela contribuição a nosso hobby Radioamadorístico.
Atualização acima em 11-12-2016.

Uma outra opção ao técnico ao comprar um dos transistores de RF, em especial os da Mitsubishi 2CS 1969, 2SC 2166, originais é testa-los na loja, antes de compra-los, vou mostrar como testar o verdadeiro. Com o meu velho multímetro analógico, mais outro multímetro poderá ser usado na loja. Como o 2SC 1969, é o mais usado em saída de RF de transceptores, e o mais popular podendo substituir outros e diversos de saída RF.
TESTANDO NA ESCALA DE X1 2SC 2166
Aqui eu estou testando COLETOR E EMISSOR  esse procedimento é feito geralmente na escala de X10K para identificar o COLETOR E EMISSOR desconhecido, e invertendo ás pontas na mesma escala, vemos a fuga de COLETOR E EMISSOR  descobrindo se o transistor está ruim. Vejam na foto que o multímetro na escala de X1 dá uma leitura quase a mesma que a leitura de base, isso porque os transistores originais da Mitsubishi tem uma junção como se fosse um "diodo" de COLETOR E EMISSOR, os falsos não tem esse "diodo" e essa leitura só é vista na escala mais sensível de X10K, dando 500K, 1M.  ATENÇÃO.  os multímetros analógico tem suas pontas de teste invertidas em relação ás pilhas quando estão nas escalas de resistências  do mesmo, a ponta vermelha é o negativo das  duas pilhas  3 volts, e a ponta preta é o positivo das pilhas 3 volts, só na escala de X10K é 12 volts, entra junto as de 3 volts uma  pilha de 9 volts, fazendo a escala muito sensível , já nos multímetros digitais não é assim, ás pontas não são invertidas, a ponta vermelha é o positivo da pilha de 9 volts, única nos modelos que conheço. 
Aqui está na escala de X10K, observem  foto abaixo que ás pontas de teste estão invertidas, no EMISSOR  está a ponta vermelha, e no COLETOR a ponta preta, dessa forma podemos saber se o transistor está queimado ou dando alguma fuga, a leitura tem que ser infinita, o ponteiro não poderá mexer em hipótese nenhuma, se isso acontecer segure o transistor sem tocar nos terminais, deixe os terminais tanto do transistor como as pontas de teste livres de seus dedos, já que você está segurando o transistor pelo COLETOR que é a parte metálica, se continuar dando alguma leitura o transistor está dando fuga de COLETOR para EMISSOR  está ruim. Se inverter as pontas nessa mesma escala claro vai da uma leitura de 0, o ponteiro vai bater com toda força no canto direito da escala.

TESTANDO NA ESCALA DE X1 2SC 1969
Os procedimentos são os mesmos do 2SC 2166, observe que tem a mesma leitura do 2SC 2166, é semelhante a leitura de um "diodo" isso eu só observei nos da marca Mitsubishi, os da NEC não me recordo se tem esse mesmo "diodo", sei que o 2SC 1307 da NEC original não tem, os da foto de transistores originais aqui no blog o 2SC 1306 NEC estão queimados por isso não me recordo.     
                                       
Aqui foto abaixo os mesmos procedimentos do 2SC 2166, vejam que a leitura na escala de X10K, é infinita não pode mexer o ponteiro, caso aconteça o ponteiro mexer, segure o transistor sem tocar nos terminais, e proceda o teste novamente, se mexer o ponteiro o transistor está ruim.
                                       
Bem  não sou professor, mais espero ter explicado como fazer o teste no balcão da loja antes de comprar o famoso 2SC 1969, que está cada vez mais caro e difícil. Mais uma solução já está ha muito tempo sendo usada são os MOSFETS que é muito mais barato até 70%, e substitui os transistores de saída de RF em PX e outros rádios HF, o mais conhecido é o IRF 520, muito melhor, barato, e fácil aquisição. O técnico poderá colocar em rádios como o 148 GTL, para isso basta alimentar o G gate do FET com uma pequena tensão, e eliminar outros componentes que foi ligado na base do transistor que agora e o gate do FET. Mais isso é para depois, Espero que gostem dessa minha dica.   Waldir Cardoso.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Transistores originais e falsos.

Um assunto que deixa técnicos hobbystas e montadores em eletrônica revoltados, a falsificação de componentes eletrônicos. Um prática que cresce a cada dia mais,  hoje para comprar componentes o técnico tem que observar bem o componente geralmente eles tem letras, números, e símbolos mau desenhados, ás partes de metal geralmente é mais frágil e fino ou de baixa qualidade. O preço geralmente é mais barato em até 70% menos do original, desconfie. Temos que ter muito cuidado ao comprar qualquer tipo de componentes, como em tudo que nos consumidores compramos, exija a nota fiscal de venda ao consumidor, cuidado algumas lojas dá nota de orçamento em lugar da nota fiscal. assim você poderá devolver o componente falso na loja em que comprou,  temos que fazer isso quando somos lesados, exerça seu direito, não fique no prejuízo, pois ás lojas sabem os distribuidores que fornecem componentes falsificados. A melhor maneira a combater esses desonestos vendedores, é não comprar ainda que seja com preço 40% a 70% menos do original. Tudo está sendo falsificado, desde CIS de todos os tipos, transistores de todos os tipos, pequenos, grandes,  fets, e muito mais.  Esse assunto não é abordado por nenhuma autoridade brasileira, a quem interessa que os donos de lojas vendam componentes falsificados, será a arrecadação de impostos, será que e pago imposto?  e se e componentes importados não é arrecadado imposto? então o porque que ás autoridades fecham os olhos para esse absurdo que acontece em nossos comércios em todo pais. Essa pratica já vem sendo realizada há mais de 10 anos atras, antes era em componentes de TV,  por ter grande rotatividade,  ou seja muito vendido devido ás milhões de TVS que tem em nosso grande Brasil, e em todo o mundo. Há mais de 20 anos que eu ouvia técnicos de TVS reclamando de componentes falsos. Está aí minha indignação sobre esse assunto pois fui lesado e tive um grande prejuízo ha anos atras com a compra de 10 unidades de transistores 2SC 1306, com preço razoável, e todos falsos. está na foto pois não joguei fora nenhum. assim como os 2SC 2075,  e outros.
                                                     TRANSISTORES FALSOS DE RF.                                                         
Alguns transistores usados no cobra 148 GTL, e em outros transceptores, transistores de RF, esses são originais.
TRANSISTORES ORIGINAIS ALGUNS NOVOS.
TRANSISTORES IMPORTADOS DE RF VHF ORIGINAIS.
Vejam, achei mais  na página do amigo Luciano PY 2BBS sobre transistores e CIS falsificados, vale a pena visitar.    http://www.py2bbs.qsl.br/transistores-falsos.php    Vamos todos contra a falsificação de componentes eletrônico, você que tem blog ou site, compartilhe divulgue para alertar a todos sobre essa vergonha que está acontecendo há muito tempo. Não compre componentes falsificados, o prejuizo será todo seu.

Pessoal achei uma página da Indonésia no blog Jopie CB em agosto de 2010 sobre este transistor 2SC 1969, http://jopie-rogger.blogspot.com.br/2010/08/perbedaan-2sc-1969-fakepalsu-dengan-2sc.html o blog dele é relacionado a transceptores CB e manutenção, muito bom, vale a pena visitar seu blog, parabéns amigo pela contribuição a nosso hobby Radioamadorístico. 
Atualização acima em 11-12-2016.
Mais uma página sobre falsificações, indicado por F4HTQ no Fóruns HAM em 02 de Novembro de 2015. Vale a pena ler com cuidado todos os comentários das duas páginas em:https://www.radioamateur.org/forums/index.php?/topic/33437-alerte-contrefa%C3%A7on-composants-et-autres/ 
Muito obrigado. Waldir Cardoso.